Secretário de Estado de Segurança conhece a APAC Juvenil Centro Educativo “Dr. Mário Ottoboni”

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados –APAC Frutal recebeu na manhã de quinta-feira (5), a visita do Secretário de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais, o general Mário Lúcio Alves de Araújo. Junto com ele, estava a Superintendente da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (Coinj), a Desembargadora Valéria Rodrigues Queiroz. Eles foram convidados a conhecerem a APAC Juvenil Centro Educativo “Dr. Mário Ottoboni” pelo Juiz da Infância e Juventude da Comarca, Gustavo Moreira, em companhia dos representantes da OAB local, das Polícias Militar e Civil e da diretoria da instituição local.

O general Mário Lúcio disse que ficou impressionado com a estrutura da obra que ele considerou de excelência e modelo. Ele adiantou que a Secretaria agora pretende estudar a viabilidade técnica e financeira para que o Centro possa iniciar o seu funcionamento. “As APACs em Frutal são referência para o sistema, uma mensagem de esperança e a sociedade precisa voltar o seu olhar para a continuidade deste projeto que é muito bem administrado na cidade”, elogiou.

Por lidar há 15 anos com adolescentes em conflito com a lei, a Desembargadora Valéria Queiroz disse que sabe da importância e da necessidade de um modelo que possa trabalhar recuperação dos jovens. “Ao entrar na APAC me emocionei porque vi aqui uma obra que nos faz acreditar que existem caminhos corretos a serem seguidos e que temos no Brasil modelos humanizados de cumprimento de pena conforme prevê a lei”, afirmou.

O juiz Gustavo Moreira diz que ficou feliz em saber que Frutal tem tido a visibilidade necessária por parte do Governo do Estado e do TJMG que se mostram cada dia mais interessados no modelo de cumprimento de pena proposto pelo Método APAC.  “Temos atendido os requisitos estabelecidos pelo órgão que cuida das medidas socioeducativas e por isso, espero que seja firmado junto à Secretaria de Segurança um Termo de parceria para o funcionamento efetivo da APAC Juvenil Centro Educativo”, destacou.  

A gerente da APAC Frutal, Paula Queiroz Vieira, ao lembrar que o general e a Desembargadora ficaram impressionados com a obra, também acredita que após essa visita, será possível firmar um convênio de custeio do projeto junto ao Governo de Minas. “As APAC em geral têm crescido a cada dia. Isso é motivo de grande responsabilidade, comprometimento, mas acima de tudo, de muita gratidão a Deus e à comunidade que tem abraçado nossos recuperandos, acreditando que eles podem construir uma vida diferente”.

(Jornalista Zilma de Oliveira – Assessora de Imprensa APAC Frutal)

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.