Projeto FormArte leva oficinas de arte e capacitação a Frutal (MG)


Iniciativa contempla aulas gratuitas para jovens em áreas como fotografia, desenho, histórias em quadrinhos, oficinas de produção de vídeo e outros

Para promover a capacitação de jovens de 15 a 22 anos de Frutal (MG), a ComTexto Cultural, especialista na gestão de projetos culturais e sociais, em parceria com a Cutrale, está lançando o projeto FormArte. A inciativa vai atender a 100 jovens da cidade em quatro locais diferentes, com turmas de 25 alunos. As atividades ocorrerão na Guarda Mirim de Frutal, no Núcleo Dona Delfina Luzia de Carmo, no Núcleo Projeto Duque de Caxias e na Apae Frutal. As aulas iniciam no dia 9 de setembro.

O projeto visa ampliar a formação integral dos jovens e adolescentes com base em técnicas de comunicação e autoexpressão, fomentando novos talentos no âmbito pessoal e profissional. “Até abril de 2020, o objetivo é capacitar jovens que estejam em situação de risco social, por meio da arte e da cultura. Para isso, as aulas proporcionarão uma troca de experiências que ampliará a bagagem de cada atendido”, explica Júlia Berwerth, produtora executiva da ComTexto Cultural.

Nas aulas de Fotografia, os alunos irão aprimorar habilidades para criar oportunidades de trabalho e desenvolvimento de carreira no segmento. Na grade do curso consta desde a história da fotografia até as técnicas de utilização de flash e iluminação.

No curso de DesenhArte: Lettering e grafite, será ensinada práticas para ampliar o domínio dos estudantes nessas diferentes técnicas e os conhecimentos ligados à arte moderna e de rua. Já Acesso a bens culturais e vivências proporcionará a experimentação de ambientes culturais por meio de visitas a museus, teatros, exposições, entre outros locais de promoção artística.

Na oficina de Histórias em quadrinhos: ilustração e criação de narrativa gráfica serão ensinadas técnicas de desenho, roteirização da história, diagramação e finalização do material. Na oficina de Produção de Vídeo os atendidos aprenderão a montar vídeos profissionais, com aulas abrangentes, que vão da elaboração do roteiro até a gravação.

Os alunos aprenderão, ainda, sobre comunicação e visibilidade na oficina de Design gráfico. Por fim, a oficina de Criação será a base para todas as outras atividades ministradas, por ensinar a criar desenhos, ilustrações, esculturas, xilogravuras, entre outras artes visuais.

Ao final do projeto, em abril de 2020, os alunos receberão certificado das atividades exercidas, totalizando uma carga horária de 280 horas no curso. “Esperamos levar a Frutal o poder transformador da cultura e da arte e, assim, dar condições aos alunos de fazer escolhas no futuro”, explica Juliana Volpe, coordenadora educacional da iniciativa. 

Aprovada via Lei de Incentivo à Cultura pela Secretaria Especial da Cultura, do Ministério da Cidadania, a iniciativa é realizada pela ComTexto Cultural e conta com o patrocínio da Cutrale.

Sobre a ComTexto Cultural

A ComTexto aliou sua experiência de 24 anos na área de Comunicação Corporativa a sua expertise com eventos e ações de fomento à cultura e criou o seu braço cultural. A empresa trabalha na formatação, produção e gestão de projetos em diversas áreas, como cultura, educação, sustentabilidade, esporte e responsabilidade social, por meio do Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, e da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cidadania, entre outras leis de incentivo, como a do Esporte.

Mais informações: https://www.facebook.com/ctextocultural/

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.