Briga de vizinhos termina em morte em Campo Florido

Briga de vizinhos acaba em morte em Campo Florido e a motivação do crime seria os cães de um dos envolvidos. Um homem de 50 anos foi preso na manhã de ontem após entrar em luta corporal e atirar contra o vizinho de 35 anos, em Campo Florido, cidade localizada a 70 quilômetros de Uberaba.

A Polícia Militar recebeu denúncia, via 190, de que um homem careca, trajando calça jeans e blusa rosa listrada, havia acabado de atirar contra uma vítima e fugido. Ao chegarem ao local, encontraram a vítima sendo atendida por ambulância. Testemunhas contaram aos militares que teriam ouvido disparo de arma de fogo e visto o homem indo em direção à rodovia. A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Após diligências da PM, o autor dos disparos foi encontrado no pronto-atendimento médico. Ele contou à PM que, por volta de 6h desta quarta-feira, estava saindo de casa para trabalhar, quando foi abordado pelo vizinho, com uma faca e uma arma de fogo, tipo garrucha. Ainda de acordo com o autor, a vítima fez ameaças de morte e o atingiu com uma facada na mão esquerda. Momento em que conseguiu segurar a faca e entraram em luta corporal.

O autor contou ainda que estava com um revólver calibre 38 e que efetuou alguns disparos em direção à vítima, fugindo na sequência em direção a uma unidade de saúde. Questionado sobre a natureza dos desentendimentos, o homem contou que foi ameaçado de morte por várias vezes pelo vizinho por conta dos cachorros que ele tem, mas que nunca registrou nenhum boletim de ocorrência relatando as ameaças.

Os militares realizaram rastreamento no intuito de localizar a arma, porém sem êxito. No posto de saúde local foi encontrada nos pertences do autor uma faca, com aproximadamente 20cm de lâmina, que, segundo o suspeito, pertencia à vítima. A PM encontrou também quatro munições intactas calibre 38. Na mochila do autor também tinha uma faca de cabo branco de 15cm. Questionado sobre a origem da arma, ele contou que adquiriu de um cigano, na cidade de Rio do Peixe.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Uberaba para ser necropsiado e periciado e o autor acabou conduzido à Delegacia de Plantão de Polícia Civil.

Fonte: Jornal da Manhã

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.