Cruzeta e duplicação da BR-153

A construção do viaduto da Cruzeta custará cerca de R$7 milhões para o estado. O projeto está pronto, a licença ambiental requerida e a expectativa é de que dentro de 1 ano a obra esteja toda pronta. Esperamos que após essa valiosa intervenção do secretário Narcio Rodrigues e do deputado Zé Maia junto ao governo do Estado, vidas sejam preservadas por muitos e muitos anos.

==

O único detalhe interessante de toda essa história é o fato de que o superintendente do DNIT, na Câmara, ter dito que ainda não tinha ciência da obra. Mas ele mesmo apontou falha de comunicação interna no órgão federal para isso.

==

Segundo o superintendente, a BR-153 será totalmente privatizada. A partir do dia que começar a concessão – o que deve acontecer ainda em 1 ou 2 anos – a concessionária terá 5 anos para fazer a duplicação de toda a rodovia, incluindo o trecho Trevão – Fronteira. A parte ruim disso é o pedágio que começaremos a pagar. Se bem que, se for para ter uma pista em condições e com segurança, antes pagar o pedágio do que ficar arriscando o pescoço com os buracos.

==

E de acordo com informações outro parlamentar interessado na Cruzeta, o Aelton Freitas, não fez muita conta das reclamações dos frutalenses. Quero ver se no ano que vem ele vai bater na minha porta pedindo votos.

==

Só para lembrar, na semana passada o advogado Renato Furtado rasgou o verbo contra os parlamentares que muito prometem e pouco se faz. E o recado, sem dúvida nenhuma, serve para o Aelton.

==

==

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.