Prefeitura entra com ação e Justiça determina que Correios restabeleça serviços em Pirajuba

O juiz da 1ª Vara Federal em Uberaba, Élcio Arruda, determinou que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos tem o prazo de 30 dias para restabelecer os serviços de correspondências em Pirajuba. A decisão, do dia 28 de junho, também estabelece que, em caso de não cumprimento, a empresa será penalizada com multa diária de R$ 500.

Em março deste ano, a agência dos Correios em Pirajuba foi atacada por criminosos, o que comprometeu a estrutura física do local.

Desde então, segundo a Prefeitura – autora da ação judicial – os Correios “vem prestando um serviço incompatível com a necessidade da comunidade local, principalmente pelos atrasos nas entregas ou simplesmente ausência completa da prestação de serviços para muitos habitantes”. O texto falando sobre a ação foi publicado nesta terça-feira (3), no site do Município.

O G1 entrou em contato com a assessoria dos Correios e aguarda retorno sobre o assunto.

Estrutura da agência dos Correios em Pirajuba ficou danificada após ataque (Foto: Erika Machado/G1) Estrutura da agência dos Correios em Pirajuba ficou danificada após ataque (Foto: Erika Machado/G1)
Estrutura da agência dos Correios em Pirajuba ficou danificada após ataque (Foto: Erika Machado/G1)
Segundo o prefeito de Pirajuba, Rui Gomes Nogueira Ramos, na época do ataque, a Prefeitura disponibilizou um local provisório para os Correios sem custos, para não gerar impacto na prestação de serviços.

“Fizemos em apenas dois dias a adequação em um espaço público existente na rodoviária do município. Mesmo assim, os Correios não usufruíram dessa parceria e desde então vem falhando com seu compromisso com o povo”, comentou.

O Município ainda informou que um dos motivos que levou a mover a ação foi o fato de Pirajuba não ter ponto de atendimento. Com isso, as postagens só tem como serem feitas em cidades vizinhas o que inviabiliza o serviço para a maioria dos moradores.

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.