Romero opta pelo PR e assina filiação no último dia do prazo

O empresário Romero Brito, proprietário da Rádio 97FM e Jornal Pontal, assinou na tarde deste dia 7 de outubro sua filiação junto ao Partido da República (PR), presidido pela prefeita Ciça. Em reunião no gabinete da prefeitura, Romero afirmou que optou pelo partido com a intenção de “reforçar o mandato” da prefeita e, ainda, afirma que chega ao partido como um “simples” filiado, acrescentando que “não venho como pré-candidato a prefeito. Se isso acontecer, vai ser consequência do nosso trabalho”.

Ao ser perguntado sobre o PSDB, partido com o qual flertou nos últimos dias, Romero afirmou que “não recusei o convite, mas estava conversando com as duas legendas. E hoje o PSDB e o PR estão unidos e devem continuar assim no futuro”. Romero Brito ainda avaliou a união dos grupos liderados pelo Secretário de Estado Narcio Rodrigues e pela prefeita Ciça, dizendo que ela foi muito produtiva para a cidade e afirmou que pretende trabalhar para que essa união permaneça ainda por muito tempo.

Já a prefeita Ciça avaliou a vinda de Romero como a chegada de uma pessoa importante para manter os laços que somam para o bem da cidade, atribuindo a chegada de Romero e de outros filiados como um “reforço de peso”. “São todas lideranças que podem pleitear qualquer cargo municipal nas próximas eleições”, definiu.

Em relação à união com Narcio Rodrigues, Ciça foi enfática em dizer que é possível manter a união, especialmente pelo bom relacionamento que ela tem com o secretário e integrantes do PSDB frutalense.

Além de Romero, assinaram a filiação na tarde desta sexta o empresário Luiz Ricardo Sávio (Clinivet), o locutor Overlan de Paula, o empresário Claiton e o padre Márcio Ruback.

Definição

A definição de Romero pelo PR, de certa forma, mostra como deverá ser o quadro político para as próximas eleições municipais. A grande incógnita desvendada hoje coloca vários “prefeitáveis” em condição de disputar a indicação ao cargo de prefeito. Assim, com o desfecho desse dia 7, os pré-candidatos estão distribuídos da seguinte forma: Romero Brito (PR); Frontino Santana (PSDB); Edgard Mendonça (PMDB); Ésio dos Santos (PT); Toninho Heitor (PTB); Ronaldo Jonas (PSB); Jocelino da Prainha (PT); Mauri Alves (PSC); Maíza Signorelli (PR).

Mantidas as aspirações, é possível que a cidade tenha até 4 candidatos em 2012. A partir de agora, quem tem a intenção de se posicionar bem nas pesquisas eleitorais deverá entrar em uma “pré-campanha” mais forte, atuando junto à população e, principalmente, fazendo-se conhecer cada vez mais. Num cenário pulverizado, levará vantagem que tiver mais “recall” de votos e conhecimento. Ao passo que novos nomes e lideranças terão um trabalho mais intenso. Se houver novamente uma polarização entre dois grandes grupos, a eleição poderá ser disputada de igual para igual, com possibilidade até mesmo de grandes surpresas.

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.