Concurso e o nome do secretário de esportes (ao final das notas)….

Em conversa agora há pouco com o repórter Antônio Araújo, ele me confirmou que o Ministério Público de fato anunciou o anulamento definitivo do concurso público realizado pela Câmara e Prefeitura de Frutal. O concurso era alvo de ações há tempos e a história vinha se arrastando. Recentemente cheguei a enumerar essa questão como uma das heranças malditas da ex-administração para a atual.

==

Dessa feita, todos os contratos precariamente deverão prestar novo concurso assim que ele for aberto. Perdem também a estabilidade que tinham direito.

==

Um novo concurso será provocado e resta saber como deverá ser o procedimento: isenção da inscrição para os que prestaram a prova anteriormente ou devolução do dinheiro? Enfim, o “pegapacapá” começou.

==

Em nota, a assessoria da prefeitura afirmou que só irá se manifestar depois de oficialmente citada. O temor do procurador Cláudio Borges é provocar desinformação entre os servidores e alarmes desnecessários.

==

A ex-prefeita poderá responder ainda com ações cíveis e criminais pelas irregularidades constatadas no concurso. Enfim, pelo visto, o que se previa há algum tempo aconteceu: os mandatos da ex-prefeita serão marcados pela anulação de um concurso que, até que se prove o contrário, foi fraudulento.

==

E ao que parece o secretário de esportes será mesmo Edivalder Cheiroso. Apesar de não termos a confirmação oficial por parte do vereador, o anúncio deverá ser feito no final dessa tarde.

Comments

comments

rodrigoportari

Jornalista, professor universitário, Dr. em Comunicação.

Comentários estão fechados.